Arquivo do mês: outubro 2013

Excertos do subsolo – Por mim, por você, pelo absurdo

Olhando para trás, vejo uma menina bobinha. Acho que a expressão define bem o que fui durante os meus primeiros quinze, talvez vinte anos de vida. Algumas pessoas se tornam bobas como eu fui porque têm infâncias fáceis demais. Meu … Continuar lendo

Publicado em Despojos, Espiando Pelo Buraco da Fechadura | Marcado com , | 1 Comentário

Excertos do Subsolo – Monadologia

Eu estou preso em meu próprio mundo. Ele poderia ser um mundo perfeito e bastaria que eu quisesse para que ele fosse perfeito. Mas ele não é, e eu não sei porque eu não quero que seja: bastaria que eu … Continuar lendo

Publicado em Despojos, Espiando Pelo Buraco da Fechadura, Filosofança, Por um mundo Punk-Gótico | 2 Comentários

A carta de Astolfo sobre a mudança

Depois de meu último post, a sincronicidade universal me obriga a compartilhar aqui um link para a postagem de um amigo. http://quemsera.wordpress.com/2013/10/09/carta-sobre-a-mudanca/

Publicado em Despojos | Deixe um comentário

Excertos do subsolo – Pessoas e nuvens

A moça que fuma não é morena, nem loura. Mencionei, há cerca de três anos, que ela tinha os cabelos pretos. Podiam estar tingidos dessa cor, não sei. Só é mister que fume: como dizia um poeta, o fumo esconde … Continuar lendo

Publicado em Despojos, Espiando Pelo Buraco da Fechadura, Fábulas Para Entristecer, Filosofança, Por um mundo Punk-Gótico | 1 Comentário

Excertos do subsolo – Com a palavra, a moça que fuma

Uma vida inteira baseada no princípio de não fazer esforços não pode ser condenada por alguém que não vê a vida como um dom. Por que não ir simplesmente deixando as coisas acontecerem ao acaso, na medida em que nosso … Continuar lendo

Publicado em Despojos, Espiando Pelo Buraco da Fechadura, Fábulas Para Entristecer, Por um mundo Punk-Gótico | 8 Comentários