Arquivo do mês: abril 2015

Sobre música e desejo

A fenomenologia ensina que nossa atenção faz “recortes”. Destaca certas figuras de um fundo indiferenciado, por exemplo. Não terá essa afirmação um valor musicológico? Afinal, há na música erudita, sobretudo em seu período clássico, toda uma agenda de elementos mobilizados como … Continuar lendo

Publicado em Filosofança | Marcado com , , , | Deixe um comentário