Arquivo da tag: Cinema

O existencialismo é um niilismo?

Segundo Sartre, o existencialismo é um humanismo. A falta de sentido da existência evocada pelo termo “niilismo” no título da postagem, em geral, não é encontrado na pena de autores existencialistas. Ainda que a existência humana não tenha um sentido … Continuar lendo

Publicado em Despojos, Fábulas Para Entristecer, Filosofança, Por um mundo Punk-Gótico | Marcado com , , , , , , | 1 Comentário

Mr. Nobody: a utopia de viver todas as possibilidades

Continuando essa sequência de posts, que já se arrasta por tempo demais, comento o terceiro filme que decidi classificar como uma “Utopia do Arrependido”. Trata-se de Mr. Nobody, de Jaco van Dormael, com Jared Leto. Praticamente desconhecido no Brasil, Mr. … Continuar lendo

Publicado em Despojos, Fábulas Para Entristecer, Filosofança, Por um mundo Punk-Gótico | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 16 Comentários

Brilho Eterno: a utopia do esquecimento

Depois de três meses, volto ao prometido comentário dos quatro filmes que batizei de “Utopias do Arrependimento”. E o segundo na lista é o Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças (no original, Eternal Sunshine of The Spotless Mind). Não seria … Continuar lendo

Publicado em Despojos, Fábulas Para Entristecer, Filosofança | Marcado com , , , , , , , , , , | 1 Comentário

“Control” (Ou: Porque não gosto do filme)

Depois de assistir algumas vezes ao filme “Control”, que supostamente nos revela a vida do vocalista do Joy Division, Ian Curtis, dedici falar porque não gosto, afinal, desse filme. Em primeiro lugar, segundo o que consta, o filme é inspurado … Continuar lendo

Publicado em Despojos, Por um mundo Punk-Gótico | Marcado com , , , , , , , , | 1 Comentário