Arquivo da tag: Ontologia

Entre Kant e Sartre

Há alguns meses não anoto nada de “filosófico” por aqui. Pois quero, brevemente, registrar que tenho mais e mais confirmado impressões que, há tempos, já me haviam surgido. Sem nitidez, não mereciam menção. Agora, contudo, depois da constante visita à certos textos … Continuar lendo

Publicado em Despojos, Filosofança | Marcado com , , , , , , , , | 3 Comentários

A melancolia de Ernildo Stein

Algumas leituras serão decisivas, para o resto da vida. No caso de quem se ocupa de filosofia, essa “vida” pode ter pelo menos duas ou três dimensões: pessoal, filosófica e acadêmica. Em alguns casos, essas duas últimas podem coincidir de … Continuar lendo

Publicado em Despojos, Filosofança | Marcado com , , , , , , , , , | 1 Comentário

Cadernos Sartre, novamente!

Tenho em mãos, pela segunda vez, uma nova edição dos Cadernos Sartre, organizado pelo GES (Grupo de Estudos Sartre) da Universidade Estadual do Ceará. Novamente com nove artigos, a terceira edição dos Cadernos Sartre oferece um amplo leque de temáticas … Continuar lendo

Publicado em Despojos, Filosofança | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Porque eu prefiro Milan Kundera

Há uma denúncia que Gerd Bornheim faz da filosofia de Jean-Paul Sartre que poderia se aplicar quase perfeitamente à literatura de Milan Kundera: o fracasso de suas categorias só acontece porque existiria na pena deste pensador, desde o princípio, a … Continuar lendo

Publicado em Despojos, Filosofança | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 3 Comentários

O sentido da Traição

Ontem eu disse uma frase na qual, hoje, reconheço uma certa dose de erro. Disse exatamente que “ações expressam princípios, logo quem nada pede à ninguém demonstra interesse em não ser perturbado”. Então um amigo filósofo me fez perceber que … Continuar lendo

Publicado em Despojos, Filosofança | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | 4 Comentários

Do que É (E de como)

(Publicado originalmente em Despojos à 06/08/2007 por ressentimento) Assim se vai: querendo; Assim se cai: sedento no que demais (por menos) o fel se faz tão bento. Por si se trai o valor, a mãe, o pai; o avô. Vontade … Continuar lendo

Publicado em Despojos | Marcado com , | Deixe um comentário

Atividade e Passividade

Para o pensador francês Jean-Paul Sartre, atividade e passividade são categorias que só fazem sentido dentro do mundo humano. A natureza, por assim dizer, está para além/aquém da atividade e da passividade. É o olhar humano que determina e interpreta … Continuar lendo

Publicado em Despojos, Filosofança | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário